Anuncio Grande

Anuncio Grande
Seu Produto no Di Motoca

Ultimas Postagens

Matérias

Veja Também

Humor

Comportamento

Dicas

Dicas

26 de ago de 2014

Freios - Uma Parada Importante

Então.. você tá todo pimpão, sua moto anda pra caramba, faz curva como um mestre ninja mas.. ela freia? Freios são "uma parada" bem importante!

Antigamente, os freios da moto eram simples, à tambor em ambas as rodas (em algumas "pé de boi" ainda são) e bem ineficientes. Aí os freios à disco se popularizaram e hoje em dia ao menos na dianteira está presente na grande maioria das motos que rodam no nosso país. Até aí, sem novidade: se for tambor, conferir as lonas regularmente, caso de disco, lembrar de olhar pastilhas, conferir o fluido de freio e o próprio disco.
Freio à tambor.. tudum, tsss
Tambor na frente? tinha também.


Aí, algum sabichão decidiu que a eletrônica podia ser de grande ajuda pra frear coisas grandes. Sim, grandes, já que o ABS (Anti-Blocking System - Sistema Anti Bloqueio) foi criado pra frear aviões! Daí foi pros carros e depois pras motocas. Mas que diacho é o ABS? Bom, como diz o nome, é um sistema que evita que as rodas travem durante uma frenagem.
A Finada Buell inventou esse disco de freio radial, onde a pinça morde ele por dentro.
Até bicicleta tem freio à disco hoje em dia..
É que acontece o seguinte durante uma frenagem: Você aciona o sistema de freio, ele vai atuar na roda, segurando-a e diminuindo a velocidade. Só que quando se aplica força demais, essa roda trava, derrapa e você perde o controle do veículo, e sua aderência com o solo vai embora, e adivinha? Você não pára! Não importa que seja uma moto, carro ou avião.

Então, o que o ABS faz? Ele regula a força aplicada à roda, mantendo a maior força possível, sem travar a roda. Você senta o pé no freio e a eletrônica regula pra você! Mordomia, né?

Pra quem não tem essa mamata eletrônica, tem que ter tato. Literalmente. Vai da sensibilidade no manete e no pedal direito. Freie firme, mas sem perder la ternura (ou aderência) jamais!

Outra sacada que veio pra ajudar o pessoal di motoca, é o CBS (Combinated Brake System - sistema de Freio Combinado). Esse é um sistema criado exclusivamente pras motocicletas. Nesse caso a dona eletrônica vai te ajudar dosando da melhor maneira a distribuição da força de frenagem entre a roda dianteira/ traseira. Você usa só o manete? Só o pedal? Sem problema! O doutor CBS vai fazer o freio atuar nas duas rodas e na proporção correta!

Tá certo que geralmente quem usa a moto no offroad normalmente despreza o ABS e o CBS, já que adoram derrapar com a roda traseira e essas letrinhas chatas ficam cortando o barato, mas atualmente nas motos TOP existem inclusive sistemas feitos pensando nesse tipo de utilização, que são sofisticados o suficiente pra serem regulados pelo piloto, e você escolhe até onde a dona eletrônica pode dar palpite no seu jeito de motocar!


Mais informações »

22 de ago de 2014

Maes da Anarquia

Se os filhos são durões, imagina essas velhas..


Mais informações »

18 de ago de 2014

Cilindros: como estão dispostos?

Uma das coisas que definem a personalidade de uma motocicleta é seu motor. Não só a cilindrada, mas sim a sua configuração. Os motores de moto geralmente tem de 1 à 6 cilindros e em alguns casos raríssimos mais que isso.

Vida Simples - O mundo Mono.

Os monocilíndricos são os caras simples. Menos partes móveis, engenharia simples. Robustez. Facilidade de manutenção. Esses são os predicados dos mono. Como nem tudo são flores, os mono são os motores mais "vibrantes", pois são os que mais transmitem vibração ao piloto.
Disposição:
Os monocilíndricos podem ser dispostos na vertical (um pouco inclinados na maioria das vezes) ou na horizontal. Deitando o cilindro, a vibração transmitida ao piloto diminui um bocado.

Mono Vertical
Mono Horizontal



Em pares - Orgulho de ser Bi.

Aqui as coisas já mudam muito. o mundo dos bicilindricos vão desde os comportados 2 em linha, até os grandes "V2" americanos ou os exaltados italianos em "L" que são na verdade motores em V à 90 graus. á também os clássicos Boxers, com seus cilindros opostos e cheios de tradição e personalidade.
V2 Harley Davidson
"L2" da Ducati
Boxer BMW
V2 Transversal - Moto Guzzi
2 em linha

1 é pouco, 2 é bom 3 vai ser demais!
Os tricilindricos tentam trazer as vantagens de serem quase tão estreitos quanto os V2, mas com a linearidade dos motores em linha. São motores fantásticos e esportivamente falando ficam no meio termo entre os V2 e os 4 em lina.


É tetraaaa! É tetraaaa!!
Os tetracilindricos tem sua legião de admiradores. São o clássico pra quem quer suavidade e esportividade. Os 4 cilindros em linha trabalhando em conjunto e contrabalanceando-se tornam esse o motor mais bem desenvolvido do universo da motocicleta. V4 - o V2 bombado: Só digo uma coisa - V-MAX.
Classico 4 em linha
V4 da V-max

O Hexa
6 canecos numa moto? É grande, é pesado.. então precisa ter sim uma certa estrutura pra levar tudo isso. Hoje em dia, em produção, que eu saiba só a GoldWing usa esse esse tipo de motor.

Bônus: v-8taço!
Coisa de americano doido: colocar o V8 do corvette numa moto! a Boss Hoss faz isso e olha no que deu:

Loucura - Kawasaki 48 cilindros!!


Mesmo que seja com meio cilindro, o importante é ir Di Motoca!!
Mais informações »

14 de ago de 2014

Impermeabilização - Grande Lance pra quem é Di Motoca!

Pensa naquele dia chuvoso. Ou pior, pensa naquela chuva repentina, que te pega desprevenido, naquele dia sem capa de chuva e te molha até as meias e cuecas, ou ainda o motorista gente fina que ao passar por uma poça d'água te deixa "daquele jeito". Não seria legal que sua própria roupa comum fosse capaz de te manter seco? Agora a tecnologia possibilita isso!

Bancando o Sofá:
Existem produtos no mercado que prometem impermeabilização de sofás e estofados que podem ser aplicados em suas roupas que darem uma bela força pra te salvar numa situação dessas descrita acima. Mesmo que eles não impermeabilizem 100% impedem que a água penetre com tanta facilidade.


Agora essa coisa ficou séria!
Usando tecnologia avançada, uma nova safra de produtos chegou ao mercado (nem sei se já tem aqui no Brasil, se alguém souber, nos avise!) prometendo um nível de impermeabilização que parece coisa de ficção científica! Olha aí:


Porque parar na Roupa?
mas fora a impermeabilização de roupas, esse conceito de tecido impermeabilizado pode ser aplicado em outras maneiras até mais criativas. Já imaginou se o banco da sua moto fosse fofo como sua poltrona favorita? Bancos em Tecidos como o Veludo ou outro material suave ao toque pode ser uma nova tendencia e abre inclusive opções de design diferentes na moto. Só botar a cachola pra funcionar!


Seco ou molhado, vamos em frente, e Di Motoca Sempre!!!
Mais informações »

13 de ago de 2014

Habilitação - O Circuito do terror



Bom pessoal, pra quem está começando, um dos primeiros desafios sobre uma moto é conseguir a CNH. Abaixo um pequeno vídeo, que mostra o percurso necessário pra habilitação de moto:


O que percebemos?
1- Isso não te prepara pra andar na rua.
2- Você não pode engatar a 2ª marcha.
3- Isso não te prepara pra andar na rua.
4- Pra fazer a curva "quadrada", abra bem o traçado antes de entrar na curva.
5- Isso não te prepara pra andar na rua.
6- No slalom não exagere no traçado, senão fica difícil contornar o próximo cone.
7- Isso não te prepara pra andar na rua.
8- Viseira sempre fechada.
9- Isso não te prepara pra andar na rua.
10- Na "rampa" é mais importante começar bem, assim você termina bem.
11- E finalmente..  Isso não te prepara pra andar na rua!
Mais informações »

Sempre tem um.


Mais informações »

11 de ago de 2014

4 de ago de 2014

A vida com mais rodas - Trikes, Quads e Sidecars

Motivos pra ter mais de Duas Rodas

Às vezes, duas rodas acabam não sendo suficientes. Seja por alguma deficiência física, seja pela idade chegando,  pela necessidade de levar um terceiro passageiro ou carga extra, em certos casos uma motocicleta acaba sendo inadequada pro uso daquele(a) Motociclista. Então acabou o vento no rosto a sensação de liberdade e alegria que a moto nos dá? Na-na-ni-na-Não! Nada de entregar os pontos e andar de carro não! Você só precisa de mais uma (ou duas) rodas extras!

Triciclos:

Os Triciclos (ou trikes) são uma opção pra quem decidiu aderir ao mundo com mais de duas rodas. As opções disponíveis, podemos categorizar em:

  1. Trikes Automotivos
  2. Trikes Motociclisticos
  3. Trikes Reversos

Trikes Automotivos
São os mais comuns por aqui. Tem chassis de carro cortado ou um chassis tubular com uma mecânica de automóvel (motor e câmbio)e tem um tamanho considerável. Sua pilotagem não lembra muito a condução de uma motocicleta, mas  tem sua legião de Apaixonados. O fabricante do triciclo abaixo é do interior de São Paulo.

Trikes Motociclisticos
São triciclos nos quais se usa toda a estrutura e mecânica de uma motocicleta, e se troca apenas o eixo traseiro aumentando uma roda. De fábrica não temos nenhum desses disponível no Brasil, mas nos anos 80 e 90 haviam empresas que vendiam kits pra transformar sua moto na própria garagem. A Harley Davidson disponibiliza nos EUA triciclos de fábrica, como o que o personagem "Piney" usa na série "Sons of Anarchy" (só não vem o cilindro de Oxigênio.. rsrs)

Trikes reversos
Essa categoria praticamente foi criada por um único fabricante: a Can-Am. São triciclos com 2 rodas na frente e uma atrás (daí o nome.. não é porque eles andam de ré não..) Aqui não tem nada de artesanal. São veículos de alta tecnologia e desempenho feitos pra um tipo diferente de público. Eu ainda não andei um bichão desses pra saber, mas ao que parece é um brinquedão muito legal. O outro único veículo dessa categoria que eu conheço é o scooter Piaggio MP3, que além da sacada de ter 2 rodas na frente, tem todo um molejão e até inclina nas curvas com você!

Sidecars


Outra opção é o Sidecar. desde já adiantamos que vamos ter uma matéria só sobre sidecars, porque tem muito o que se falar à respeito, mas vamos lá pro básico. A diferença de uma moto com sidecar pra um triciclo é que o sidecar é um "anexo" ao lado da moto e não parte da estrutura. O Sidecar tem algumas vantagens e desvantagens em comparação ao trike:
Vantagens: Aumenta o volume de passageiros da moto pra 3, o que nem sempre acontece com os trikes, é  desacoplável e pode ser utilizado em outra moto.
Desvantagens: O veículo fica desbalanceado, com um peso extra para um dos lados, o que exige certa adaptação do piloto.

O Sidecar pode ser do tipo fixo ou articulado. O fixo não permite a inclinação da moto (tipo mais comum) e o articulado tem um sistema para que a moto possa continuar inclinando nas curvas, diminuindo o estorvo de carregar o carrinho (nunca vi nem comi eu só ouço falar..)


Quando se fala de sidecar, se lembra de uma marca Russa: URAL. É o único que fabrica de série motos com sidecar, e inclusive com opção de tração na roda do carrinho! Outra marca que disponibiliza sidecars é a Royal Enfield (inglesa) mas não é o foco dos produtos, como a marca russa.




Quadriciclos
Ah, 3 rodas não tá bom? Quer mais uma? tá bom! Existem também os quads! Os quadriciclos são veículos de 4 rodas (dãããããã..) mas que não são carros! (dããããããã..) Os quads aqui no Brasil não podem ser homologados pra circular nas ruas, então só podem ser usados como maquinário agrícola ou de lazer. Então também temos 2 tipos de Quads: OFFROAD e ONROAD.

Offroad:
Adivinha? São feitos pra rodar fora de estrada! (sério mesmo? ah vá!) e tem pneuzões e suspensões reforçadas. Dentro desse nicho, há os pesados agrícolas e os ágeis de passeio. Nas fotos abaixo fica bem clara a diferença entre eles.


Yamaha Grizzly e Raptor: um foi feito pra ter força pra puxar coisas e trabalhar, outro pra barbarizar nas trilhas e fazer coisas radicais.

ONroad:
Outros modelos quase desconhecidos por aqui são os quads pra andar no asfalto. É que como citamos acima, no nosso país, os quadriciclos não podem andar na rua, então não faz muito sentido ter um que não faz trilha.


Yamaha Tesseract:
Foi um prototipo apresentado pela Yamaha alguns anos atrás (2007 ou 2008 se não me falha a cachola..) de um quad pra uso urbano, que tinha como diferencial o fato de ter suas 4 pernas articuladas e que inclina nas curvas como uma motocicleta. Até hoje nunca saiu do protótipo.


É isso aí pessoal, com 2, 3 ou até 4 roas, o importante é ir sempre "Di Motoca"!!

Abaixo algumas fotos pra gente se divertir.






Mais informações »
Traduzido Por: Mais Template - Designed By